George Stephenson, o inventor das locomotivas!!

 Imagem

 

O século XX trouxe consigo, além da abertura das vias aquáticas artificiais, a construção de grandes vias terrestres. Desde a primeira ligação ferroviária entre Manchester e Liverpool em 1830, a estrada de ferro realizou enorme progresso, adquirindo vital importância para a ligação entre os centros produtores de matérias-primas e os de elaboração industrial das mesmas e para a compensação entre as zonas de abundância e as de escassez.    

A locomotiva a vapor, que possibilitou tamanho progresso foi inventada por George Stephenson, filho de um humilde operário foguista, nascido na cidade de Newcastle, na Inglaterra, no ano de 1781.

Stephenson foi o primeiro a compreender o sistema de aderência das rodas, fruto da sua enorme capacidade de raciocínio e de trabalho, qualidades demonstradas desde a sua infância, quando consertava relógios para comprar livros e assim estudar.

Aos trinta anos de idade, colocou-se como vigia de uma mina de hulha, passando depois a maquinista da mesma, continuando sempre a estudar, especialmente matemática, mecânica e química. Mais tarde, foi nomeado engenheiro da mina de We-lington onde, dando provas de grande capacidade inventiva, substituiu os carris de ferro por outros de madeira e, por meio de planos inclinados, conseguiu reduzir a uma sexta parte o número de cavalos empregados na mina.

Pensou depois em construir uma locomotiva a vapor, que, colocada sobre carris, pudesse arrastar, além do seu próprio peso, alguns vagões carregados de hulha. Trabalhando àrduamente, após várias tentativas, marcou a primeira experiência do novo mecanismo para o dia 25 de julho de 1814.

Esse dia tornou-se memorável. A máquina, posta em movimento, arrastou oito vagões do peso de trinta toneladas, com uma velocidade de quatro milhas horárias. Estava coroado de glória o novo invento.

Empenhado em obter melhor rendimento de sua máquina, Stephenson teve a idéia de fazer terminar o tubo ilr descarga do vapor na própria chaminé, conseguindo com essa modificação, aumentar a força da velocidade. Dessa forma, aplicou em sua máquina, o princípio do aquecimento tubular, inventado pouco tempo antes pelo engenheiro Seguin, outro grande estudioso do assunto.

Tantas foram as vantagens evidenciadas pelo novo invento que, uma estrada de ferro planejada e construída apenas para o transporte de mercadorias, foi logo conseguida também ao serviço de passageiros.

A partir dessa época, acelerou-se em todo o mundo a construção de locomotivas, um dos grandes fatores do progresso humano, pois a locomotiva em terra, o barco a vapor no mar e o avião nos ares, constituem os grandes elementos de aproximação dos povos, a base do progresso do mundo.

Prosseguindo em sua vitoriosa carreira, Stephenson foi depois chamado para dirigir a construção de grande número de linhas férreas inglesas.

Faleceu o grande homem na cidade de Tapton, Inglaterra, em 1848.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: